Siga o DCO nas redes sociais

Depois de mais uma derrota, Dorival Júnior não resiste às pressões e é demitido do São Paulo
Depois de mais uma derrota, Dorival Júnior não resiste às pressões e é demitido do São Paulo

O São Paulo foi derrotado pelo Palmeiras na noite de quinta-feira, na casa do “Verdão”, pelo, placar de 2 x 0, registrando não só mais uma derrota neste início de ano, mas praticando também um futebol irreconhecível, para a tradição e a grandeza do time do Morumbi.

O clássico foi realizado pela décima primeira rodada do Paulistão 2018, o maior e mais importante campeonato regional do país. O Palmeiras sequer teve dificuldades em dominar o adversário. Os dois gols dos donos da casa foram marcados ainda no primeiro tempo. Não foi somente a derrota em si (algo normal em se tratando de um clássico e ainda na casa do adversário), mas a apatia e a qualidade do futebol que o tricolor da capital vem apresentando desde o Brasileirão do ano passado, quando esteve, por algumas rodadas, ameaçado de rebaixamento.

O São Paulo vem fazendo uma das suas piores campanhas no certame regional, como há muito tempo não se via. Como já era de se esperar, pois isso já vinha sendo cogitado, a derrota para o Palmeiras acabou precipitando a queda do treinador Dorival Junior, na corda bamba já há algumas semanas, depois de resultados e atuações que vinham irritando não só a torcida, mas também a diretoria do clube. Jorginho, Wanderley Luxemburgo, Leonardo e Cuca são alguns dos nomes que fazem parte das especulações para assumir o cargo deixado por Dorival Júnior.