Mais um capacho imperialista
O presidente argentino Macri sabia do golpe com uma semana de antecedência e teria negociado asilo na Argentina para Camacho, líder do golpe de Estado na Bolívia
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Evo-Macri-NA
Macri foi cúmplice no golpe que derrubou Evo Morales: Agência Notícias Argentinas |

Neste domingo (17), o jornal El Cohete a La Luna publicou uma reportagem onde confirma a participação de mais um presidente de extrema-direita no golpe militar na Bolívia, trata-se de Maurício Macri, presidente da Argentina.

Segundo a reportagem, Macri soube com antecedência do golpe que derrubaria o presidente boliviano Evo Morales.

O líder do golpe, Luís Fernando Camacho, teria se reunido com representantes diplomáticos de diferentes consulados, em Santa Cruz de la Sierra, no dia 4 de novembro. Neste encontro, Camacho teria pedido ao governo Macri asilo na Argentina, caso o golpe fracassasse.

No encontro, Camacho também teria revelado que, 48h depois, as Forças Armadas iriam intervir no governo boliviano – o que acabou sendo adiado, já que a invasão na casa de Evo só foi acontecer 6 dias depois desse encontro.

Vale lembrar, que antes mesmo de consumado o golpe, o jornal El Periódico divulgou áudios que mostraram que além dos EUA, o golpe teve participação de vários líderes da extrema-direita, incluindo é claro, Jair Bolsonaro.

Diante das pressões crescentes do imperialismo e do avanço dos golpes no Continente, com a participação de vários líderes fascistas, é fundamental denunciar essa política golpista do imperialismo na América Latina e mobilizar a população para lutar nas ruas contra o golpe na Bolívia e nos demais países latino americanos, botar para fora da América Latina o imperialismo!

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas