Depois da mensalidade, plano de saúde dos Correios é o que mais dá reclamação

carteiors desolados 1

O IGR (Índice Geral de Reclamações) da ANS (Agência Nacional de Saúde) apontou o Plano de Saúde dos trabalhadores dos Correios, o Postal Saúde como sendo o plano de porte grande que mais provoca reclamações no Brasil.

Em julho e agosto de 2018, o Postal Saúde superou todos os outros em reclamaçôes, que vão desde o atraso em reembolso, como não autorizar a prestação de serviços.

Não é coincidência que o aumento de reclamação do plano de saúde dos Correios se deu justamente apartir da cobrança de mensalidades dos funcionários que usam o serviço, juntamente com a cooparticpação do custo dos tratamentos.

Ao contrário do que diziam os golpistas, de que com as mensalidades o plano melhoraria, o ataque aos direitos dos trabalhadores vem pirorando o plano, já que faz parte do plano dos golpistas de na verdade acabar com esse benefício do trabalhador.

Tanto é assim que muitos trabalhadores estão retirando os dependentes do plano, já que não está mais satisfazendo as necesidades de tratamentos de seus familiares.

Também é bom lembrar que os sindicalistas do Bando dos Quatro (PT, PCdoB. PSTU e diretoria do Sintect-MG) ajudaram a direção golpista da ECT implementar as mensalidades, quando abandonaram a greve da categoria, para depois dar autorização para os ministros do TSE de julgar ao bel prazer o futuro do plano.