Depoimento de Lula na PF é adiado por Fachin após pedido da defesa

Lula-Ricardo-Stuckert-Instituto-Lula-2

Da redação – O depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Polícia Federal de Curitiba (PR) foi adiado pelo ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF) na noite desta quinta-feira (21).

A suspensão foi requerida pela defesa de Lula, que argumentou que o preso político não teve acesso a diversos relatórios e laudos, mais uma demonstração clara do processo arbitrário que o ex-presidente ainda vem sofrendo, não podendo se defender nem mesmo de acordo com as próprias regras (já antidemocráticas) do aparelho jurídico burguês.

Lula prestaria hoje depoimento em quatro inquéritos que estão em tramitação na reacionária Justiça Federal do Paraná.

A esquerda não deve acreditar nas instituições, que demonstram a cada dia que são absolutamente controladas por fascistas. Somente a mobilização revolucionária dos trabalhadores fará com que seja possível a libertação de Lula, preso político em Curitiba há quase um ano.