Doação ao imperialismo
Em pouco tempo, o fascista Bolsonaro quer entregar toda a Petrobras. É preciso impedi-lo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
parques eolicos - 13-01-2021
Parques eólicos da Petrobras, privatizados pelo governo Bolsonaro | Foto: Reprodução

O governo do fascista Bolsonaro está agindo com a voracidade que pedem os capitalista para entregar todos os ativos da Petrobras, inclusive os parques eólicos.

Na última quinta-feira (07) a Petrobras entregou 49% dos parques eólicos que tinha participação no município de Guamaré, no Estado do Rio Grande do Norte, desta forma é concretizada pelo fascista Bolsonaro, o que vinha sendo orquestrado pelos golpistas, desde 2016, quando tiraram Dilma Rousseff da presidência da república através do impeachment.

Conforme Pedro Lúcio, diretor da Federação Única do Petroleiros (FUP) e do Sindipetro-RN, em entrevista à RN2 da Intertv, publicada na última segunda-feira (11) sobre a venda de três dos quatro parques de energia eólica pertencente à Petrobras, disse que o impacto desastrosos dessa ação aos trabalhadores. (FUP – 12/01/2021)

Pedro Lúcio relata que, desde 2016, o quadro de funcionários teve uma diminuição drástica nos postos de trabalho na área de petróleo e gás no RN. “Há quatro anos eram treze mil terceirizados ligados à Petrobras no Estado, e dois mil e seis seiscentos concursados. Hoje são três mil terceirizados e pouco mais de novecentos concursados”.

A ganância dos capitalistas e o capacho do governo ao imperialismo

O ano que terminou o governo fascista Bolsonaro concretizando a entrega de inúmeros campos de petróleo e gás no país, juntamente com sua trupe, como o Chicago Boy, banqueiro e ministro da economia, Paulo Guedes, bem como, seu amigo de universidade, o neoliberal e atual presidente da Petrobras Roberto Castello Branco, onde foram entregues o Campo de Campo de Rabo Branco, em Carmópolis, município de Sergipe, está entregando o Polo de Alagoas e, no mesmo período foram entregues 14 Campos de petróleo e gás na Bahia.

A doação dá direito a quem é agraciado, o direito à isenção de pagamento de impostos, por 10 anos, a partir de janeiro, como ocorreu com a 3R Petroleum, atual detentora do Polo Macau, em campos terrestres, no mesmo estado do Rio Grande do Norte, onde Petrobras se desfez dos parques de energia eólica. Bolsonaro isentou a empresa, atual dona dos campos que engloba os campos terrestres de Aratum, Macau, Serra, Salina Cristal, Lagoa Aroeira, Porto Carão e Sanhaçu.

Para Pedro Lucio, a venda das usinas eólicas representa a saída da Petrobras do seguimento de energias sustentáveis no Rio Grande do Norte. “A Petrobras está deixando de atender os interesses estratégicos do país no desenvolvimento de novas energias, pra atender unicamente os interesses de mercado”. No entanto fascista Bolsonaro e sua trupe não dão a mínima para o que possa acontecer com energias sustentáveis ou coisa que o valha, desde que possam servir aos abutres imperialistas, a destruição do país, deixando-a arrasada, para eles têm pouca importância.

A direção dos petroleiros não pode perder mais tempo! É preciso chamar todos os sindicatos da categoria para, em defesa do patrimônio do povo, organizar a greve, ocupar as instalações e, em um esforço conjunto, mobilizar ainda, os servidores em nível nacional, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Correios, entre vários setores, bem como, o conjunto dos trabalhadores.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas