Demagogia da Rede Globo não esconde sua política contra os negros e o povo

gjghj

Já se tornou quase que uma normalidade falar da relação da Rede Globo, com a questão dos negros e da população de conjunto e que isso se revela como uma verdadeira demagogia disfarçada de campanhas a favor das minorias e de combate ao racismo, etc.

O mais recente caso é a nova novela que será exibida pela emissora. “Segundo Sol” é ambientada no estado da Bahia, logo o que era de se esperar prontamente seria a presença de atores negros na história, principalmente sabendo que na Bahia está fortemente concentrada a população negra do país, mas a princípio para a emissora esse fator é inexistente.

Em meio a repercussão, a principal representante da imprensa golpista, em sua defesa afirmou que realmente não havia representação significativa de negros na trama. Isso revela a real política da emissora quando se trata dos negros e do próprio povo, a simples e pura demagogia, fazem campanhas farsescas em prol da causa, mas são os primeiros a televisionar o massacre da população pobre e principalmente do povo negro, se colocando ao lado do estado opressor.

O caso não demonstra nada de novo ou que não condiz com o caráter da emissora que capitaneou o golpe no país. Por mais que a imprensa golpista tente disfarçar, sua verdadeira face sempre vem a tona, assim como foi com o caso do jornalista William Waack, não há nenhuma surpresa, a Rede Globo representa o que há de mais pérfido na imprensa burguesa, são os verdadeiros inimigos do povo e principalmente da população negra quando se trata de sua defasa e ou qualquer tipo de representação.