De volta à era FHC: produção da Petrobrás em Campos recua ao nível de 2001

P36

Da redação – A produtividade da Petrobrás na Bacia de Campos, no estado do Rio de Janeiro, caiu 1,4% em junho e foi a 1,042 milhão de barris por dia, taxa menor desde outubro de 2001. Se comparado com junho de 2017, a produção caiu 15,8%. Em abril, maio e junho, a produção em Campos ficou abaixo de 1,1 milhão de barris/dia, o que não ocorria por três meses seguidos também desde 2001.

Esse é o efeito da destruição da Petrobrás provocada pelos golpistas e pela Operação Lava Jato. Os golpistas estão destruindo a economia nacional e e isso se reflete na queda de produção da Petrobrás. Enquanto isso, o Brasil importa derivados de petróleo, incluindo combustíveis cada vez mais caros, como o diesel, que levou à greve dos caminhoneiros que não conseguem mais ganhar dinheiro trabalhando.