Impasse na direita
População demonstra repulsa em relação a volta às aulas e causa impasse na direita
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Doria e Covas
Bruno Covas e João Doria, os golpistas de São Paulo | Foto: Reprodução

Segundo uma pesquisa realizada pelo Datafolha, na cidade de São Paulo, 75% dos eleitores da capital paulista são contra a volta às aulas nos próximos 2 meses, 24% acredita que as escolas deveriam reabrir e 1% não teve opinião formada.

A pesquisa foi realizada nos dias 21 e 22 de setembro, entrevistando cerca de 1.092 eleitores da cidade.

Dos eleitores cujo a renda era de até 2 salários mínimos, 77% era contra a reabertura das escolas, já os eleitores que ganhavam mais de 10 salários mínimos, 56% foi contra a volta às aulas.

O Governador tucano, João Doria, havia definido um cronograma para a reabertura das instituições de ensino a partir de outubro, mas o atual prefeito Bruno Covas, também do PSDB, confirmou a decisão dos capitalistas da educação e adiou a decisão para novembro.

O Datafolha, no geral, sempre fez um grande desserviço para a população, manipulando informações à serviço da imprensa direitista Folha de S. Paulo e da burguesia, como em julho de 2016, quando o Datafolha publicou uma pesquisa onde, supostamente, 50% da população queria que o presidente golpista Michel Temer permanecesse na presidência. Algum tempo depois, centenas de escolas e universidades eram ocupadas em todo país contra o Governo. Ou em 2018, quando uma pesquisa do Datafolha afirmava que Bolsonaro seria derrotado por qualquer outro candidato no segundo turno, manobra que serviu para que a esquerda não contestasse a fraude eleitoral e entrasse de cabeça nas eleições.

Porém, a pesquisa realizada recentemente pelo Datafolha mostra um impasse na direita em relação a volta às aulas, tendo em vista que é a maior parte da população é contra a reabertura. Há um claro desespero da direita em fazer as aulas voltarem com a finalidade de atender as demandas da burguesia e do imperialismo, tendo o próprio Governo Federal de Bolsonaro oferecido um suborno de mais de R$ 400 milhões para os municípios voltarem com as atividades escolares.

O que há entre a população é uma verdadeira rejeição ao retorno das aulas presenciais, e essa rejeição juntamente com as mobilizações estudantis contrárias à reabertura dificultam o trabalho da direita que quer empurrar a população para o matadouro.

A maior parte da população compreende os riscos da exposição à COVID-19 e se posiciona amplamente contra a reabertura dos colégios, os únicos que realmente querem a volta às aulas são os sanguessugas capitalistas que lucram com o ensino privado, que querem colocar a juventude e seus professores para a morte apenas com o intuito de lucrar em cima disso, e os tucanos em São Paulo agem como legítimos e árduos defensores dos capitalistas que nada mais fazem, a não ser explorar o povo.

Volta às aulas só com vacina e com o fim da pandemia!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas