Siga o DCO nas redes sociais

Partido da Causa Operária
Daqui a 10 dias, PCO realizará plenária para organizar seu Congresso
Construção de um partido operário independente capaz de confrontar a burguesia em defesa dos trabalhadores
80015186_605971323546517_625425913508528128_n
Partido da Causa Operária
Daqui a 10 dias, PCO realizará plenária para organizar seu Congresso
Construção de um partido operário independente capaz de confrontar a burguesia em defesa dos trabalhadores
O partido que luta contra o golpe, se desenvolve , Organiza-se para tornar-se o Partido de Operários
80015186_605971323546517_625425913508528128_n
O partido que luta contra o golpe, se desenvolve , Organiza-se para tornar-se o Partido de Operários

Plenária Nacional do PCO em São Paulo, acontece no próximo dia 26 de Janeiro. Uma oportunidade para os militantes discutirem a situação política e para definirem planos de ação para intervir na política nacional. Uma atividade fundamental para a luta política e a construção de um partido operário independente capaz de confrontar a burguesia em defesa dos trabalhadores. Evento terá a participação de militantes de todo o Brasil. Acontece em sequência a 45ª Universidade de Férias, também realizada em São Paulo, com início na próxima sexta-feira, 17 de Janeiro e vai até 25 de Janeiro. Servirá entre outras coisas para preparar o congresso e aumentar a organização e centralização do partido nacionalmente na luta contra o golpe, com a palavra de ordem Fora Bolsonaro.

Plenária, como de costume, será aberta com análise de conjuntura pelo presidente nacional do PCO, Rui Costa Pimenta. Em seguida à leitura do documento da executiva do partido, será aberta às intervenções de todos os militantes, bem como convidados. Oportunidade de reunir companheiros militantes do partido do Brasil inteiro. Incorporar convidados simpatizantes ao PCO. Plano para a participação do partido nas eleições do presente ano. Como melhor usar, a tribuna eleitoral para impulsionar a campanha política definida pelo partido, e influenciar as eleições com a campanha pela fora bolsonaro.

Incorporar as deliberações da 2ª Conferência dos Comitês de Luta ao Plano de Ações para o presente ano.

  • O Fora Bolsonaro;
  • Anulação das eleições fraudadas de 2018;
  • Eleições gerais já, com Lula candidato.
  • Contra o desemprego, redução para 35 horas semanais, a jornada de trabalho. Redução da carga horária de trabalho, sem redução de salários;
  • Salário mínimo de R$ 5.000,00.
  • Nenhuma privatização a mais. Cancelamento das privatizações já feitas. Controle dos trabalhadores sobre as empresas estatais;
  • Fim do extermínio da população pobre. Dissolução da Polícia Militar;
  • Cancelamentos das reformas, trabalhista, da previdência, de todas as reformas do golpe;
  • Reforma Agrária. Expropriação do latifúndio. Direito do armamento pelos trabalhadores rurais;
  • Cancelamento das concessões de rádios e TVs;
  • Estatização do sistema financeiro;
  • Por Governo de trabalhadores da cidade e do campo.

Não é hora de baixar a guarda. Planos de Guedes e Bolsonaro é de terra arrasada, nos direitos dos trabalhadores do Brasil. Querem tudo, o Brasil vender em se tratando das empresas públicas., Imperialismo e sua intervenção criminosa no Oriente Médio, precisa de incisiva e imediata resposta. Partido da Causa Operária estará preparado para interferir, e confrontar a burguesia em defesa dos trabalhadores.