Damous e Pimenta denunciam Moro por prevaricação

wadih-e-paulo-pimenta

 Os deputados federais petistas Wadih Damous e Paulo Pimenta, os dois principais porta vozes contra o golpe na câmara de deputados, irão recorrer ao Supremo Tribunal de Justiça (STJ) contra a decisão arbitrária do presidente do TRF-4 que atacou a decisão do desembargador Rogério Favreto, do mesmo tribunal, que concedeu um Habeas Corpus para Lula, alegando não haver fundamentos para sua prisão.

Além disso, irão denunciar Sérgio Moro por prevaricação, isto é, por ele ter praticado ato de ofício contra a legalidade, com objetivos pessoais; já que o juiz de primeira instância, além de ter desrespeitado a decisão de um órgão superior, realizou ato de ofício quando estava de férias com o intuito de atacar a decisão de Favreto.

Veja a íntegra dos depoimentos dos deputados: