Perseguição
Em declaração feita no Palácio do Planalto nesta segunda, Damares reivindicou a prisão imediata do jogador Robinho. Ela ainda aplaudiu a perseguição ao jogador.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Brazilian Minister of Human Rights and Family Damares Alves speaks during a press conference about how to prevent pregnancy in adolescents, at the Ministry of Health building, in Brasilia, on February 3, 2020. (Photo by Sérgio Lima / AFP) (Photo by SERGIO LIMA/AFP via Getty Images)
Damares quer a prisão imediata de Robinho, mesmo sem sentença transitada em julgado. | SERGIO LIMA/AFP via Getty Images.

Ao chegar no Palácio do Planalto nesta segunda-feira (19), para uma cerimônia oficial com o presidente Jair Bolsonaro, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, defendeu “cadeia imediatamente” para o jogador Robinho, acusado e condenado em primeira instância pelo crime de estupro de uma mulher albanesa na Itália. Cabe recurso em 2ª e 3ª instâncias nos tribunais italianos.

Segundo a ministra de extrema-direita, “Cadeia imediatamente, não tenho outra palavra para falar (…) Nenhum estuprador pode ser aplaudido. O cara quer voltar para o campo para posar como herói”.

Damares ainda disse que a rescisão do contrato do jogador com o Santos é uma medida correta. Em suas palavras: “…parabéns ao Santos por ter rescindido. Eu sei que ainda cabe recurso, mas acho que está muito claro. O vazamento dos áudios está muito claro,  a forma como isso chegou a nós” , “Esse é um crime que não merece nenhuma consideração ao abusador, ao estuprador”.

As palavras da ministra demonstram que a extrema-direita fascista, junto com a esquerda pequeno-burguesa, apoiam a perseguição e o linchamento de um homem que não foi condenado com trânsito em julgado. Isto é, o jogador Robinho não tem direito à presunção de inocência e ao devido processo legal. Esse é o clima político que a extrema-direita busca instalar no país, de perseguição, linchamento e revogação dos direitos democráticos fundamentais, dentre eles o de presunção de inocência, que significa que todo homem é inocente até que se prove o contrário.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas