Dallagnol pediu verba pública a Moro para filme “contra a corrupção”
24out2017---o-procurador-deltan-dallagnol-coordenador-da-forca-tarefa-da-lava-jato-em-curitiba-participa-do-debate-que-reune-os-principais-nomes-da-operacao-lava-jato-e-da-o
Dallagnol pediu verba pública a Moro para filme “contra a corrupção”
24out2017---o-procurador-deltan-dallagnol-coordenador-da-forca-tarefa-da-lava-jato-em-curitiba-participa-do-debate-que-reune-os-principais-nomes-da-operacao-lava-jato-e-da-o

Da redação – Em seu Blog, por conta da parceria com The Intercept, Reinaldo Azevedo divulgou conversas entre o juiz Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol, em que o procurador pedia verba pública da 13ª Vara Federal de Curitiba, onde atuava Moro, para financiar filme sobre as “10 medidas contra a corrupção”.

O DINHEIRO DA 13ª VARA FEDERAL DE CURITIBA

No dia 16 de janeiro de 2016, Deltan envia uma mensagem a Moro com um pedido realmente inusitado. Segue o diálogo, conforme o original:

13:32:56 Deltan – Vc acha que seria possível a destinação de valores da Vara, daqueles mais antigos, se estiverem disponíveis, para um vídeo contra a corrupção, pelas 10 medidas, que será veiculado na globo?? A produtora está cobrando apenas custos de terceiros, o que daria uns 38 mil. Se achar ruim em algum aspecto, há alternativas que estamos avaliando, como crowdfunding e cotização entre as pessoas envolvidas na campanha.

13:32:56: Deltan – Segue o roteiro e o orçamento, caso queria [buscou escrever “queira”] olhar. O roteiro sofrerá alguma alteração ainda

13:32:56: Deltan – Avalie de modo absolutamente livre e se achar que pode de qq modo arranhar a imagem da LJ de alguma forma, nem nós queremos

13:35:00: Deltan – pdf

13:35:28: Deltan – pdf

No dia seguinte, 17 de janeiro de 2016, Moro responde:

10:20:56 Moro – Se for so uns 38 mil achi [quis escrever “acho”] que é possível. Deixe ver na terça e te respondo.