“Presente da CIA”
Ex-procurador revela que operação recebeu orientação do imperialismo norte-americano para perseguir o ex-presidente Lula
deltan-dallagnol-20160629-0045
Lava Jato, uma operação criminosa. | Agência Brasil
deltan-dallagnol-20160629-0045
Lava Jato, uma operação criminosa. | Agência Brasil

Nesta terça-feira (9) iniciou-se o julgamento pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (SFT) a respeito de um recurso apresentado pelo Ministério Público Federal contra a permissão de acesso de Lula às mensagens da chamada “Operação Spoofing”. Esta operação em questão, está ligada as inúmeras mensagens reveladas pelo jornalista Glenn Grenwald no sítio da internet The Intercept Brasil ainda no ano de 2019, que demonstrava, por meio de conversas extraídas do aplicativo Telegram que o ex-juiz da Lava Jato Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol armaram um processo farsa contra o ex-presidente.

Criminosos comemoram prisão de Lula

Inicialmente, a autorização foi dada pelo ministro Ricardo Lewandowski, e reabriu uma forte crise em torno da figura de Lula e seus direitos políticos. Contudo, não foi apenas o julgamento que se iniciou, como também novas mensagens inéditas foram reveladas.

6 de abril de 2018
17:20:24 Januario Paludo Lula não merece a deferência e consideração que o moro lhe emprestou. Deveria ter sido preso hoje pela manhã e a decisão judicial teria sido cumprida sem traumas.
17:32:42 Roberson MPF Pois é!
17:34:48 Laura Tessler https://www.oantagonista.com/brasil/lula-vai-seentregar/
17:44:16 Paulo Vcs são muito fracos… Se eu estivesse aí, estaria lá cumprindo esse mandado pessoalmente
17:44:29 Julio Noronha Kkkkkkkkk
17:44:35 Jerusa Acabei de falar isso, mas ninguem quis me acompanhar
17:51:59 PG e Orlando iriam lá para se solidarizar com o Lula por termos rasgado a Constituição.
17:54:21 Welter Prr Junto com LF e DD

Nestas, os procuradores da operação Lava Jato comemoravam a prisão do ex-presidente Lula em um grupo no aplicativo Telegram. Nas palavras do procurador Deltan Dallagnol a comemoração era efusiva. “Meooo caneco. Não da nem para acreditar. Melhor esperar acontecer”, foram uma das mensagens enviadas pelo procurador da operação.

No mesmo sentido, a procuradora Laura Tessler, a mesma que em mensagens anteriores zombou da morte de Maria Letícia, então mulher de Lula, declarou que já iria começar as celebrações pela prisão doe ex-presidente. Enquanto isso, a procuradora Isabel Groba fez piada com o fato de haver sido chamada de “querida” por Lula em um interrogatório em 2017.

“Presente da CIA”

O clima de comemoração nas conversas mostram a farsa de toda operação contra Lula, e uma brutal perseguição política. Porém, nada foi mais revelador do que a mensagem de Deltan Dallagnol que afirmou em mensagem que a prisão de Lula era um “presente da CIA”, a criminosa agência de inteligência norte-americana.

A comemoração de Dallagnol, somada as mensagens reveladas no final de janeiro, As quais citavam a cooperação da Lava Jato com autoridades suíças e norte-americanas, comprovam as inúmeras denúncias feitas contra a operação,  sob controle e mando do imperialismo.

Estando nas mãos da CIA, a operação Lava Jato tornou-se uma das mais brutais e devastadoras operações realizadas no Brasil. O imperialismo conseguiu destruir importantes empresas nacionais, como a Odebrecht, além de perseguir, prender e retirar todos os direitos políticos, do maior líder popular do país, o ex-presidente Lula, favorito a ganhar as eleições de 2018.

5 de abril de 2018
18:12:51 Isabel Grobba Moro manda prender Lula.
18:13:51 Deltan Antes que MA ferre tudo
18:13:59 Creio que devemos ficar quietos neste momento.
18:14:10 Laura Tessler sim
18:14:15 totalmente quietos
18:14:35 até porque o mandado já disse tudo, kkkk
18:14:42 Isabel Grobba Está no uol que já foi expedido o mandado.
18:15:40 Deve se apresentar até as 17 horas de amanhã.
18:17:09 Paulo Ficará na PF… Novo local de peregrinação em.Curitiba!
18:19:29 Deltan Meooo caneco
18:20:01 Não da nem pra acreditar. Melhor esperar acontecer
18:20:15 Julio Noronha Exatamente!
18:20:27 Deltan Temos que pensar a segurança oras próximas semanas
18:20:40 Laura Tessler eu já vou comemorar hoje
18:20:41 Deltan Ou melhor, Vcs têm, pq estarei fora do país kkkk
18:20:52 Paulo Aqui tá tudo em segurança comigo, não se preocupe
18:20:59 Deltan Kkkk
18:21:14 Laura Tessler o problema é vc e CF…o resto é desconhecido
18:21:33 Isabel Grobba E eu sou a querida!
18:21:48 Paulo Deltan na Disney enquanto Lula está preso, isso vai ser noticia!
18:21:52 Mas… Problema
18:21:57 Laura Tessler é mesmo….pode ir lá dar as boas vindas pra ele, Isabel
18:22:03 Isabel Grobba hehehe
18:22:07 Paulo Não dá p mudar a vida por causa disso
18:22:30 Julio Noronha No Brasil, mesmo uma decisão judicial amparada no decidido pelo STF, pode não acontecer, mesmo q entre a decisão e o cumprimento sejam apenas horas
18:23:03 Laura Tessler agora já era…deixa de pessimismo
18:23:10 Julio Noronha Só o Lula vai mudar de vida!
18:24:45 Welter Prr Ele tem ate amanha para se apresentar. Depois é foragido
18:25:09 Mas acho que ele vem
18:25:16 Laura Tessler eles vão armar um bom teatro até amanhã para ele chegar “nos braços do povo”
18:25:20 Paulo Com certeza vai fazer um comício as 16h, antes de se apresentar
18:25:49 Deltan Presente da CIA

As declarações de Dallagnol também comprovam toda a operação imperialista com o golpe de estado dado contra a presidenta eleita Dilma Rousseff em 2016. A Lava Jato nada mais é que uma operação criminosa realizada pelos golpistas para perseguir seus adversários políticos e esmagar a economia e o povo brasileiro, conforme os interesses dos países imperialistas, sobretudo do imperialismo norte-americano.

Uma operação do imperialismo

Foi esta operação, financiada por todos os setores da burguesia que hoje se dizem “democráticos” e “anti-bolsonaristas”, que serviu para retirar Lula das eleições e eleger o fascista Jair Bolsonaro em 2018.

A história da Lava Jato, além de todas estas denúncias, tem em seu repertório os cursos e treinamentos promovidos pelo Departamento de Justiça (DoJ), além de em 2015 receber a visita de 17 norte-americanos, ligados ao FBI e ao Departamento de Justiça, dando início da cooperação da operação com os Estados Unidos.

Esta revelação coloca em questão algo fundamental: o imperialismo tomou o controle do país. Por meio de golpes, intervenções e uma operação criminosa, os Estados Unidos assumiram o controle da política brasileira, a frente de uma intensa perseguição contra o povo brasileiro, um verdadeiro crime internacional. Algo que em todos os países com governos minimante nacionalistas, é completamente imperdoável.

Todos estes fatores servem para comprovar o quão criminosa e fraudulenta foi a operação que atingiu o ex-presidente Lula. No entanto, nada disso serve para Lula readquirir seus direitos políticos por meio das instituições burguesas, sobretudo a justiça golpista, que está estreitamente ligada a própria operação Lava Jato, e é uma das ferramentas da burguesia para esmagar Lula e toda a esquerda.

Não será pela justiça, será pela força popular nas ruas

Enquanto a justiça serve apenas para perseguir politicamente Lula, o ex-presidente encontra seu real apoio na população brasileira, sobretudo na classe trabalhadora. Lula é visto como um representante deste setor, e dessa forma, o representante da luta contra o golpe e o governo Bolsonaro.

Visto como candidato natural por grande parte da população, Lula é o único capaz de impulsionar por meio de sua candidatura, e assim, do conflito direto com a burguesia, a mobilização da população brasileira. Devido a este fator, a defesa dos seus direitos políticos e de sua candidatura em 2022, é fundamental para a luta contra o golpe de estado.

A esquerda pequeno-burguesa, defensora da frente ampla, se nega a defender Lula por meio de uma real mobilização política. No entanto, isto nada mais é que uma grande capitulação ao golpe de Estado e uma tentativa criminosa de se adaptar ao regime golpista.

Enquanto isso, a burguesia a todo custo busca não tornar todas estas revelações envolvendo a operação Lava Jato em uma base de sustentação da candidatura de Lula, e impulsiona a política de substituição do ex-presidente por um outro candidato, como Fernando Haddad.

Lula ou nada!

Para a burguesia golpista, de nada interessa ter Lula nas eleições. A presença do ex-presidente serve para polarizar ainda mais a população contra o golpe e Jair Bolsonaro. Esta radicalização política, é de extrema importância para o avanço da classe operária na luta contra o regime golpista.

Por isso, o chamado para às ruas feito pelo Comitê Lula Livre para o dia 27 de fevereiro deve não apenas ser impulsionado, como fortalecido em uma ampla campanha que envolva todos os setores da população brasileira. É necessário que a CUT, os sindicatos, o movimento estudantil, os sem terra, e todas as demais organização que reivindicam a luta contra o golpe, se unam na defesa do ex-presidente e garantam nas ruas os direitos democráticos de todos os trabalhadores.

A burguesia quer repetir a fraude de 2018, que retirou Lula das eleições e colocou o impopular Jair Bolsonaro no poder. Agora, tentam novamente uma operação semelhante, onde todos os golpistas se unem contra o PT, Lula e todos os trabalhadores. Tal ação só pode ser impedida por uma ampla mobilização dos trabalhadores, nas ruas, em uma intensa campanha.

Relacionadas
Send this to a friend