Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
cut_bandeira
|

A Central Única dos Trabalhadores (CUT), decidiu se somar à Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE), para realizar, no dia 13 de agosto, o Dia Nacional de Mobilização, Paralisações, Assembleias e Greves Contra a Reforma da Previdência, em Defesa da Educação Pública e por Empregos, por todo Brasil. O objetivo é fazer uma pressão constante e pesada em cima dos parlamentares para que a Reforma da Previdência não seja aprovada.

Segundo o Secretário-Geral da CUT, Sérgio Nobre, as lutas feitas até agora serviram para amenizar as maldades do governo Bolsonaro, mas que a Reforma da Previdência ainda possui muitos pontos cruéis contra a classe trabalhadora.

Essa afirmação é equivocada, pois não há nenhuma maldade sendo amenizada e toda a Reforma é cruel à população. É imprescindível que esse ato não seja apenas contra a Reforma da Previdência, mas contra o governo golpista, pelo Fora Bolsonaro. É necessário mobilizar a população em torno de uma luta constante nas ruas, com uma grande Greve Geral, exigindo o fim desse governo golpista e, principalmente, pelo Lula Livre, pela anulação de todos os processos de Lula.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas