Solidariedade
EUA e seus fantoches tentam usar mecanismo para uma intervenção militar estrangeira que derrube o governo legítimo de Nicolás Maduro
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
2464613165_c55a3ca24a_b
Ministério do Exterior de Cuba emitiu nota denunciando imperialismo. Foto: Samuel Negredo |

Granma, declaração do Ministério de Relações Exteriores de Cuba – O Ministério das Relações Exteriores denuncia a vergonhosa decisão de ativar o Tratado Interamericano de Assistência Recíproca (TIAR), tratado que contempla o uso da força militar.

O Ministério das Relações Exteriores rejeita veementemente sua invocação, sob o pretexto de qualificar a República Bolivariana da Venezuela como uma ameaça à paz e à segurança no Hemisfério, quando na realidade são a intervencionista Doutrina Monroe aplicada pelos Estados Unidos, hostilidade à Venezuela e o uso para esses fins deste tratado, que põe em risco a paz e a segurança regionais.

Mais uma vez, a desacreditada Organização dos Estados Americanos foi o veículo dessa ignomínia, onde um grupo digno de governos se opôs abertamente a essa decisão.

Invocar o TIAR que os Estados Unidos usou para justificar as intervenções e agressões militares na região e causar tanta dor e morte aos latino-americanos e caribenhos é uma tentativa deliberada de provocar uma situação que poderia desencadear o uso da força para derrubar a governo legítimo do presidente Nicolás Maduro Moros, em oposição aberta aos princípios do Direito Internacional e da Proclamação da América Latina e do Caribe como Zona de Paz.

Ao rejeitar esta decisão, o Ministério das Relações Exteriores insta os governos e povos de Nossa América e o mundo a se oporem resolutamente a essa medida que busca justificar, por meio de uma proteção legal artificial, a intervenção nos assuntos internos da República Bolivariana da Venezuela, o que é inaceitável.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas