Manobra imperialista
Acusações serviram de pretexto para a administração Donald Trump retirar parte de seu pessoal diplomático da capital cubana
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
cuba
Ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodriguez | Foto: Reprodução

O Ministro das Relações Exteriores cubano Bruno Rodriguez reafirmou hoje a falsidade das acusações sobre supostos ataques acústicos contra os diplomatas estadunidenses em Havana.

Em seu relato no Twitter, o chefe da diplomacia da ilha se referiu a um estudo recente da Academia Nacional de Ciências daquele país do norte, que confirmou a ausência de qualquer evidência da suposta agressão.

A manobra serviu de pretexto para a administração Donald Trump retirar parte de seu pessoal diplomático da capital cubana e prejudicar as relações entre os dois países, que foram retomadas em 2015 após uma pausa de 54 anos.

O relatório publicado sobre os supostos ataques contra os diplomatas dos Estados Unidos, vindica a afirmação de Cuba da necessidade de cooperar no esclarecimento dos fatos e confirma a ausência de qualquer evidência de que um ataque tenha ocorrido, disse Rodríguez em sua mensagem.

Em outra comunicação dessa rede social, ele destacou que ‘aqueles que se opõem a uma relação respeitosa entre Cuba e os Estados Unidos manipularam o evento de forma oportunista para atacar Cuba e as relações bilaterais’.

Desde a primeira notificação desses supostos eventos, em agosto de 2017, Cuba vem conduzindo uma investigação sobre o caso e manifestou às autoridades americanas sua disposição de cooperar com as investigações para determinar as possíveis causas do incidente.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas