Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Dac7hWSXUAE6KkW
|

Da redação – A diretora de Comunicação e Imagem do Ministério de Relações Exteriores de Cuba, Yaira Jiménez Roig, declarou que o objetivo do governo fascista de Jair Bolsonaro é eliminar o programa Mais Médicos.

Em entrevista coletiva virtual com a imprensa ontem (26), ela disse que “nenhum membro da equipe de transição apresentou ao Ministério da Saúde Pública de Cuba o interesse de tratar do termo de cooperação vigente, o que indica que o propósito do presidente eleito não é manter o programa. É eliminá-lo”.

Jiménez lembrou que Bolsonaro sempre criticou e tentou acabar com o Mais Médicos e recordou as contradições do discurso do presidente ilegítimo, que diz que os cubanos deveriam provar suas competências profissionais (como se já não tivessem provado para participar do programa), ao mesmo tempo em que promete de maneira demagógica “asilo político” no Brasil, a fim de roubar força de trabalho formada e dedicada ao povo cubano.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas