Contra o coronavírus
Médicos de Cuba se espalham pelo mundo para combater a pandemia
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
f0164769 (1)
Foto: Ariel Cecilio Lemus/Granma |
Roma, 20 de março (Prensa Latina) O ministro do Comércio Exterior e Investimento Estrangeiro de Cuba, Rodrigo Malmierca, confirmou hoje a chegada à Itália nas próximas horas de uma brigada de colaboradores da saúde em uma missão de solidariedade com este país.
Em uma mensagem espalhada pela rede social Twitter, Malmierca apontou que outros já estão na Venezuela e na Nicarágua e hoje quem sai para Suriname e Granada foi demitido, enquanto amanhã o pedido pela região da Lombardia viajará para a Itália.

A chegada seguinte de médicos e enfermeiros da nação caribenha foi anunciada no dia anterior em Milão pelo secretário de Saúde e Bem-Estar do governo da Lombardia, Giulio Gallera, que dias atrás se referiu ao pedido de ajuda, confirmado pelo embaixador da ilha na Itália, José Carlos Rodríguez.

Com seus 23 mil 863 quilômetros quadrados de superfície e pouco mais de 10 milhões de habitantes, a Lombardia é o território mais atingido pela epidemia gerada pelo novo coronavírus, em consequência da qual 3.405 pessoas que morreram, segundo dados oficiais mais recentes.

48,45% dos casos estão concentrados na região localizada ao norte da península; 63,67 de mortes; e 42% dos pacientes atuais, com dezesseis deles em terapia intensiva.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas