Provocação imperialista
Autoridades de saúde do governo cubano acabaram com um pretenso protesto em que estrangeiros descumpriram protocolos de saúde e foram denunciados por disseminar a pandemia.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Cuba - San Isidro (1)
Momento em que equipes de saúde e a polícia chegam para acabar com a série de descumprimentos. | Foto por: reprodução.
Equipes de saúde convencem “manifestante” a seguir medidas sanitárias.

Autoridades do Ministério de Saúde Pública de Cuba (Minsap) informaram que acabaram com uma violação do protocolo de saúde para viajantes internacionais em virtude da COVID-19, ao retirarem um grupo de pessoas que se aglomeravam em uma casa no bairro de Havana Velha, descumprindo as regras do confinamento.

O Ministério informou que um dos estrangeiros deixou o local aonde estava hospedado e se juntou a outros estrangeiros e Cubanos locais e outro vindo dos Estados Unidos, após denúncia de propagação da pandemia.

O grupo alegou que faziam uma greve de fome em protesto contra uma pessoa presa por violar o protocolo de segurança e contra o governo cubano e as mediadas econômicas durante a pandemia, ganhando relativa notoriedade nas redes sociais e recebendo apoio da embaixada dos Estados Unidos.

As autoridades cubanas desmentiram a versão de greve de fome mostrando que as pessoas na casa diariamente recebiam alimentos fornecidos pelo programa do governo e adquiriam também com dinheiro enviado pelos EUA, através das lojas de conversão de moedas, criticadas pelo grupo autodeclarado “Movimento San Isidro”.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas