Crise é exposta na PF
Presidente da Associação de Delegados da PF, fala que possível demissão de Valeixo deixa PF sem autonomia.

Por: Redação do Diário Causa Operária

Da redação – Após o anuncio de uma possível demissão de Valeixo, diretor-geral da PF, Edvanir Paiva, presidente da Associação de Delegados da PF, declarou que ação deixa instituição desprotegida e sem autonomia.

De acordo com ele, a corporação ainda tenta entender o que está acontecendo, mas declara que “”A PF deveria ter o mandato em relação ao cargo de diretor-geral. Deixar de livre nomeação e exoneração do presidente nos deixa sem autonomia. Isso não deveria ser normal. A polícia é órgão de estado, não ministério até porque também somos um órgão de controle do estado”.

Além disso informa que a PF faz “na marra” sua autonomia, e abre forte sintoma de crise com o governo.

Send this to a friend