Vírus evidência crise
Em declaração a Folha de São Paulo, Rodrigo Maia acusa Paulo Guedes de não estar preparado para o combate ao vírus, expondo novamente a crise no bloco golpista.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
15553599755cb4e8e7d0e0a_1555359975_3x2_lg
Queda histórica na bolsa, dólar a 5 reais, estes são os efeitos da crise |

Da redação- Em entrevista a Folha de São Paulo nesta quinta-feira (12), o presidente da câmara dos deputados, Rodrigo Maia, declarou descontentamento em relação ao que chama de “medidas de combate ao coronavírus” propostas por Paulo Guedes, ministro da economia e uma das principais figuras do governo Bolsonaro.

O deputado do DEM acusa Guedes de estar apresentando propostas de que nada serviriam para solucionar a crise no regime golpista e controlar o caos produzido pelo coronavírus. Além disso, o golpista acusa o governo de jogar a crise no colo dos deputados, e não levar a frente como deveria os projetos neoliberais.

A declaração de Rodrigo Maia, uma das principais representações da burguesia no parlamento, evidencia uma crise que vem se estendendo durante muito tempo no bloco golpista. Esta crise no entanto, se viu agravada durante o governo Bolsonaro com o choque de interesses entre o grupo bolsonarista, que hoje controla o executivo, e setores da grande burguesia brasileira.

Agora, com a crise econômica mundial sendo agravada pelo coronavírus, o caos antes já presente dentro do regime político brasileiro se acentuou ainda mais.

A vinda do vírus para o Brasil trouxe consigo uma queda histórica da bolsa de valores (chegando a 14,8%) e uma completa aceleração das desvalorização da moeda nacional, atingindo a marca de 5 reais por dólar. Tais fenômenos são eventos na superfície que denotam um estado de completa destruição da economia mundial e brasileira.

Com a queda na ibovespa e o desespero dos grandes capitalistas, a crise entre o congresso e o bloco bolsonarista tenda apenas a se agravar, sendo que o governo já demonstrou diversas vezes a total incapacidade de contornar o problema.

Após a proliferação do vírus pelo país, a tendência é que toda a crise no regime político brasileiro e o sucateamento de setores como a saúde sejam expostos com ainda mais intensidade, assim como nas novas declarações de Maia contra Paulo Guedes, exigindo velocidade nas reformas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas