Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
conteee
|

O recém eleito primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, do partido Cinco estrelas, que governa em coligação com grupos Fascistas, como a Liga do Norte, anunciou em discurso que tentaria suspender contra a Rússia, que vêm sendo feitas pelo imperialismo com o intuito de atacar Vladimir Putin, presidente da Rússia. “Seremos advogados no sentido de uma abertura para a Rússia”, disse Conte.

Os ataques feitos contra Putin são orquestrados pelo principal setor do imperialismo, que defendem a União Européia. Dessa maneira, fica reafirmado o caráter político objetivo do novo governo italiano. Em mais um país importante do imperialismo, a principal ala da burguesia internacional perdeu o controle sob o regime político, onde assumiu um governo contra a vontade da União Europeia.

A declaração de Conte acontece ao mesmo tempo em que Putin se reuniu com o primeiro-ministro Austríaco, também ligado a um setor dissidente do imperialismo, que governa com uma coligação de extrema-direita. Isto é, cada vez mais, fica clara a crise do imperialismo. Donald Trump, nos Estados Unidos, também ganhou contra a candidata oficial do imperialismo, Hillary Clinton. Além disso, nos outros países, como na França foram necessárias diversas manobras e fraudes para impedir que se perdesse o controle do regime (que Le Pen da Frente Nacional fosse eleita, no caso francês).

O imperialismo e seus instrumentos, como a União Europeia, estão em crise. A extrema-direita fascista cresce no continente europeu por conta da ausência de uma verdadeira alternativa à esquerda para o regime político. Os partidos ditos de esquerda são todos ligados à principal ala do imperialismo e por isso não apresentam uma verdadeira saída para a crise. A exceção que deve ser mencionada é Jeremy Corbyn, líder do Partido Trabalhista inglês, ligado à classe operária e aos setores progressistas da sociedade, um político que vem crescendo e barrando o desenvolvimento do fascismo no país. De uma maneira ou de outra, o imperialismo vive uma profunda crise, e não é mais capaz de controlar o regime político.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas