Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
trump china
|

Da redação – A crise do imperialismo se aprofunda. As duas maiores economias do mundo, a China e os Estados-Unidos, entraram em uma profunda guerra econômica, impondo uma à outra uma tarifa de bilhões de dólares em produtos de cada um. As tarifas americanas sobre bens chineses, incluindo aí automóveis, maquinaria e metais, têm um valor de 16 bilhões de dólares.

A China contra-atacou e indicou que iria começar uma “guerra jurídica” na Organização Mundial do Comércio contra o aumento norte-americano. Em Julho, os EUA já tinha imposto uma tarifa sobre produtos com valor total de 34 bilhões de dólares, incitando a China a contra-atacar. Agora, já atingiu importações chinesas com valor de 50 bilhões de dólares. Ameaçando subir para 200 e até 500 bilhões de dólares.

Essa política fez com que Trump entrasse em uma profunda crise com os especuladores norte-americanos, o setor mais forte do imperialismo que financiou a campanha de HIllary Clinton e está financiando o golpe contra o presidente republicano. A crise do imperialismo se aprofunda cada vez mais junto com as contradições do sistema político.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas