Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Os golpistas estão encontrando maiores dificuldades para privatizar a indústria nacional, ou seja, distribuir para o capital financeiro as riquezas brasileiras a troco de banana. O que está pautada para ser realizada até o meio do ano, em virtude do foco do Congresso ser as eleições (se houver) a partir de junho, é a privatização da Eletrobrás.

Não está sendo uma tarefa para o governo golpista de Michel Temer. O tema das privatizações expõe as verdadeiras fraturas e contradições da burguesia no processo golpista. Ele opõe de um lado a burguesia imperialista, que quer que privatize tudo, pois um nacionalismo entregue ao capital financeiro é o objetivo central do imperialismo norte americano que golpeia todo o mundo.

Do outro lado está a burguesia nacionalista, que atua nos partidos de esquerda pequeno burguesa que perde muito do seu poderio financeiro com a efetivação das privatizações, pois as burguesias nacionalistas dependem de relações próximas com um Estado relativamente forte.

 

Não se pode nutrir ilusões, que em virtude dessas dificuldades, Temer não consiga privatizar a Eletrobrás. As negociações estão a todo vapor tanto na Câmara quanto no Senado. Segundo Baleia Rossi (MDB-SP) :“Tenho visto resistência do pessoal de Minas e do Nordeste, mas nossa expectativa é que o relatório que está sendo trabalhado pelo deputado Aleluia (DEM-BA) traga a solução para aprovar o projeto dando a ressalva que eles querem”

Essa crise não detém por si só a saga golpista de privatizações do imperialismo, que nesses termos, apenas pode ser contida com a anulação do impeachment e da prisão de Lula e, finalmente, acabando com a intervenção militar no Rio de Janeiro.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas