Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
|

Na semana das convenções partidárias o Ceará volta a ser palco de ataques a ônibus e a prédios públicos, para entender melhor os ataques é preciso fazer uma análise mais profunda.

Os ataques com certeza serão utilizados para que seja alegado a instalação de um clima de insegurança, o que justificaria uma intervenção militar no estado, para que estes tenham o controle total das eleições que se aproximam. Além do controle das eleições, a intervenção poderia num primeiro momento ganhar a opinião pública o que favoreceria as candidaturas de militares da atual oposição ao governo petista.

O PSDB lançou um general reformado para o cargo de governador e conta com o apoio de um deputado estadual, Capitão Wagner e um federal, Cabo Sabino na chapa. O tiro porém tem saído pela culatra, pois a população já fez a ligação dos ataques a politicagem e é comum ouvir nas ruas que aqueles que se propõe como solução na verdade são os causadores da violência.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas