Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Os inatingíveis tucanos golpistas são conhecidos por grandes crimes de corrupção que jamais foram investigados e nunca serão punidos. Entre eles está o roubo em larga escala do orçamento da merenda escolar no estado de São Paulo. A direita golpista rouba comida das crianças para encher a própria barriga e fazer gordas e cínicas acusações contra partidos e movimentos de esquerda na imprensa burguesa. Tais parasitas que vivem de sugar os trabalhadores não sofrem nenhum tipo de problema com a polícia que, pelo contrário, está aí para protegê-los da maioria da população.

Uma situação muito diferente da vivida pela população pobre, que já começa a sofrer os efeitos mais nefastos do golpe, embora a situação ainda possa piorar milhares de vezes mais caso a direita consiga manter-se agarrada ao poder que conquistou de forma ilegítima e fraudulenta por meio da farsa do impeachment-golpe.

Nesta segunda-feira, um homem foi apanhado em flagrante tentando cozinhar em uma escola no interior do Piauí. Segundo reportagem do G1, um texto involuntariamente humorístico ao tratar o caso com o tom habitual das reportagens policiais, sempre contra o “bandido”, o “suspeito” foi abordado pela polícia quando tentava cozinhar uma sopa de macarrão e frango na cantina da escola.

O “crime” aconteceu na cidade de Landri Sales, a 370 Km de Teresina. Por mais insidioso que o delito de comer possa parecer nas palavras da imprensa burguesia, aliada dos golpistas e inimiga do povo, a verdade é que esse tipo de situação revela um quadro de desespero para a parcela mais pobre do país. Sem direito a emprego e sem apoio do Estado, os pobres nas periferias das grandes cidades e em cidades mais pobres e afastadas do interior dos estados já começam a ser ameaçados pela fome. Um retorno à era FHC e antes, um retrocesso para quando grandes parcelas dos brasileiros não tinham sequer o que comer.

Comer só poderia ser considerado crime sob um golpe neoliberal da direita a serviço do imperialismo. Por isso o regime está evoluindo para uma repressão maior, para conter a rebelião de uma massa esmagada por uma política de completo abandono e exploração. Para evitar que a direita arraste mais e mais gente a cada dia para a fome a miséria é preciso enfrentar o golpe de conjunto, levando adiante uma mobilização em torno dos problemas seguintes problemas centrais: a intervenção militar no Rio de Janeiro e a ameaça de iminente prisão do ex-presidente Lula. Fora as Forças Armadas do Rio de Janeiro! Não à prisão de Lula!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas