Bancos contaminados
Dados do Sindicato dos Bancários de Londrina e Região já são 15 casos positivos de Covid-19 em trabalhadores e 259 casos suspeitos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
agencias-da-caixa-e-postos-de-receita-federal-amanheceram-lotadas-pelo-segundo-dia-consecutivo-1586453302965_v2_900x506
Agencia bancária lotada | Lucas Lacaz Ruiz

O governo genocida de Bolsonaro, porta voz dos banqueiros e capitalistas nacionais e internacionais no governos federal, decretou um verdadeiro morticínio no país pelo Covid-19, por conta da sua política de favorecimento à burguesia, onde já matou mais de 90 mil pessoas (dados oficiais) com mais de 2,5 milhões de infectados. São mais de mil e quinhentas mortes todos os dias.

O país virou um campo de concentração onde estão sendo assassinadas todos os dias milhares de pessoas. Um verdadeiro genocídio!

Na esteira dessa catástrofe nacional, nos estados a situação não é nem um pouco diferente. No estado do Paraná a contaminação já passa de 70 mil pessoas com quase 2 mil mortes (vale lembrar, mais uma vez, dados oficiais, os números são bem maiores) e em Londrina (PR), uma cidade com cerca de 500 mi habitantes, os números da contaminação também assustam. São mais de 3 mil contaminados com cerca de 100 novos casos todos os dias, o que já ocasionou 112 óbitos.

Da mesma forma que o governo federal, o estado do Paraná e a cidade de Londrina são governados, fruto do golpe de Estado, por partidos de direita, tais como Ratinho Junior, do PSD (Partido Social Democrático), e na prefeitura de Londrina encontra-se uma direita, tanto quanto fascista como Bolsonaro, Marcelo Belinati, ex PSL e atualmente no PP.

Não há por parte desses direitistas nenhum tipo de medida para conter a contaminação, leitos nos hospitais, testagem em massa, medidas de isolamento, etc., nada. Ao contrário o que se tem é a abertura indiscriminada da economia, onde praticamente todos os estabelecimentos comerciais estão funcionando, aumentando, é claro, o número de contaminação e mortes.

Uma situação que chama atenção é o número de contaminação nas agências bancárias e de trabalhadores bancários na cidade de Londrina(PR).

Segundo dados do Sindicato dos Bancários de Londrina e Região já são 15 casos positivos de Covid-19 em trabalhadores e 259 casos suspeitos. Treze agências bancárias foram fechadas com confirmações de casos de coronavírus.

Para o diretor do Sindicato, Laurito Lira Filho, “há problemas como falta de termômetros para verificar a temperatura dos clientes e funcionários, a demora na comunicação ao município sobre a quantidade de casos confirmados nas agências e até a permanência de metas de trabalho para os bancários consideradas abusivas em meio à pandemia.” (Folha de Londrina 29/07/2020)

Há um aumento sistemático da contaminação na categoria bancária, praticamente todos os dias estão sendo fechadas diversas agências com quadro de contaminação. Falta tudo nas dependências: álcool gel; mascaras, (o próprio trabalhador é obrigado a levar a sua), nem ao menos uma pia para higienizar as mão são oferecidas.

Os trabalhadores bancários e a população, que necessita dos serviços bancários estão na linha de frente para o alastramento do contágio do Coronavírus.

As medida de proteção devem ser tratadas com a devida urgência já que se trata de um ambiente extremamente propício para a propagação do doença. Para evitar que haja mais mortes pela contaminação é necessário o fechamento imediato do atendimento presencial nas agências, enquanto persistir a mínima possibilidade de contaminação no ambiente de trabalho; abertura de todos os caixas de auto-atendimento e de todas as suas funções; ampliação do horário de funcionamento dos caixas eletrônicos; redução da jornada de trabalho para 4 horas diárias para todos, com completa flexibilização do horário de entrada e saída; contratação imediata de novos funcionários; são algumas das reivindicações que devem ser atendidas já. Para evitar uma maior superexploração dos trabalhadores, e mais mortes pela contaminação do Covid-19, é necessário o fechamento imediato do atendimento presencial nas agências e chamar uma greve da categoria para forçar o atendimento de todas as reivindicações dos trabalhadores que estão sendo descomprimas pelos bancos.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas