Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
uma-figueira-conhecida-popularmente-como-figueira-das-lagrimas-que-pode-ser-uma-das-arvores-mais-antigas-de-sp-esta-abandonada-e-em-pessimo-estado-de-conservacao-1562971550629_v2_1920x1280
|

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, do PSDB, está conseguindo ampliar a destruição que os tucanos antes dele iniciaram. Dessa vez é a árvore mais antiga da cidade que está ameaçada.

No dia 11, a grade e a mureta que protegiam a Figueira das Lágrimas foi derrubada. Cinicamente a alegação da prefeitura é que se trata do início da obra que pretende reformar o complexo histórico, no Ipiranga.

A Figueira das Lágrimas tem mais de 200 anos e conta a história que Dom Pedro teria descansado nela em 1822, quando declarou a Independência do Brasil, nas margens do Rio Ipiranga.

A mureta derrubada a mando de Covas foi construída em 1920, justamente para proteger a árvore. Funcionava como que um vaso de plantas, sem ela a árvore pode não sobreviver, perdendo, por exemplo, a fixação no solo.

Esse é só um exemplo do descaso da direita com o patrimônio e a história nacional. Só em São Paulo onde o PSDB impõe uma verdadeira ditadura para se manter no poder há anos, o próprio Museu do Ipiranga está fechado há anos a pretexto da tal revitalização.

Isso está acontecendo com o resto do país após o golpe de Estado. Bolsonaro, depois de toda campanha contra a Cultura, de ter acabado com o Museu Nacional, no Rio de Janeiro literalmente ardeu em chamas. A experiência não é nova. Em 2015, o Museu da Língua Portuguesa em São Paulo também pegou fogo. Os dois casos são resultado do descaso, falta de investimento, cuidado e apoio para a manutenção do patrimônio brasileiro.

Se eles agem assim do ponto de vista da economia nacional, porque seria diferente na cultura? Eles desprezam o próprio país e sua cultura.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas