CAB

PCdoB põe estudantes a reboque dos maiores inimigos da educação

Universidades quebradas!

Cortes: Universidades Federais de Pernambuco irão fechar em 2021

Diante da paralisia das direções das entidades estudantis é preciso convocar os estudantes, professores e trabalhadores da educação para saírem as ruas pelo "Fora Bolsonaro"7

Estudantes as ruas pelo Fora Bolsonaro – Foto: Divulgação

Publicidade
O desmonte da educação segue a todo vapor. O governo do fascista Jair Bolsonaro, que tem por de trás o imperialismo mundial, pretende privatizar as escolas públicas, em todos os níveis, do ensino fundamental as universidades. No orçamento de 2021 aprovado com 6 meses de atraso, 3,9 bilhões de reais foram cortados do orçamento da educação, assim como outros 26,1 bilhões, que foram retirados de áreas fundamentais para a população. Por conta desses cortes, a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) deve fechar as portas antes de 2021 por falta de recursos para manter serviços básicos. Devemos lembrar que a grande maioria das universidades federais estão funcionando no modelo do ensino remoto, ou seja, sem aula presencial desde a escalada da pandemia. Podemos imaginar que se as aulas fossem presenciais sequer haveria condições mínimas de higiene, sanitárias e de prevenção da COVID-19, pois o custo seria bem maior e se o orçamento não é suficiente para o ensino remoto, imagine presencial. No entanto, o corte de verbas já compromete as atividades rotineiras de instituições, como a UFPE e também a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). No caso da UFPE, não há dinheiro para a assistência a estudantes que precisam de apoio financeiro básico, como transporte ou alimentação, para concluírem seus cursos, além daqueles que desenvolvem projetos de iniciação científica. Na UFRPE, serviços de extensão que são ofertados diretamente à população também estão sendo suspensos, como exemplo temos o atendimento a animais da Região Metropolitana do Recife, por meio do Hospital Veterinário Escola, e a assistência a produtores rurais no interior do Estado. A demissão de pessoas de empresas terceirizadas, que realizam serviços como limpeza, tratamento e alimentação de animais, entre outras funções, é uma das medidas que deve ser posta em prática em breve. Os estudantes e servidores tentam minimizar esses impactos, mas sem dinheiro não tem como garantir o funcionamento. Apesar do aumento do número de alunos matriculados nos últimos anos o orçamento da educação regrediu para patamares do ano de 2011. Com esse quadro é fácil deduzir que Bolsonaro quer acabar com a educação, pesquisa e ciência pública e entregá-la nas mãos dos abutres da educação. Com a indicação de reitores indicados por Jair Bolsonaro a pressão sobre o governo vindo das universidades praticamente não existe, e o movimento estudantil paralisado pela política do “Fique em Casa” levando adiante pela UNE, UBES torna a situação ainda mais tranqüila para que os golpistas levem adiante a destruição da educação e pesquisa brasileira. Diante da paralisia das direções das entidades estudantis, é preciso convocar os estudantes, professores e trabalhadores da educação para saírem as ruas pelo “Fora Bolsonaro, Vacina Já, e Auxílio Emergencial digno”. Dia 29 de maio é o momento dos estudantes se unirem aos trabalhadores para pedir a cabeça do presidente e de seus apoiadores. Todos às ruas!

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.