Ataques a educação
Governo Bolsonaro anuncia cortes para 2021 no orçamento da educação e vai atingir programas de apoio a estudantes de baixa renda
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
O governo lançou um pacote de medidas  para impulsionar a contratação de jovens de 18 a 29 anos no mercado de trabalho. O conjunto de ações foi apelidado de “Programa Verde Amarelo” e promete reduzir o custo de contratação dessa faixa etária em 30%. Inicialmente, estava previsto também que o plano impulsionasse a contratação de pessoas com 55 anos ou mais, mas esse grupo acabou excluído da versão final do texto |Sérgio Lima/Poder360 11.nov.2019
O governo de Jair Bolsonaro planeja mais ataques contra a educação pública | Imagem: reprodução.

O governo de Jair Bolsonaro através do Ministério da Educação divulgou cortes no orçamento para 2021 em R$4,2 bilhões de reais. Desse montante, R$185 milhões serão dos recursos destinados a assistência estudantil.

A assistência estudantil é a base para os estudantes mais pobres permanecerem na universidade diante a da falta de recursos, ou seja, um ataque direto aos estudantes mais pobres.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas