Educação
Os cortes que atingirão a areão da educação retirarão das universidades federais 1,43 bilhão, o que deverá inviabilizar a volta às aulas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
bolsonaro-rindo
Bolsonaro | Foto: Reprodução

Os cortes em educação que deverão chegar a 4,2 bilhões em 2021, devem inviabilizar a volta às aulas nas universidades federais, na opinião de reitores.

O corte previsto irá retirar somente das universidades e dos institutos federais cerca de 1,43 bilhão, o que pode levar a demissões e cortes de gastos em áreas básicas para o funcionamento das instituições.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas