Menu da Rede

Corrupção legalizada: juízes fazem protesto para manter “auxílio-moradia”.

Tempo de Leitura: < 1

Publicidade

Nesta Quinta, 15, cerca de 2.000 juízes e procuradores paralisaram suas atividades em 12 Estados do país e no Distrito Federal como protesto contra o fim do auxílio moradia que lhes é concebido. Deve-se lembrar que, além dos autos salários e diversos benefícios, a corja, não satisfeita, cruza os braços para usufruir ainda mais do recurso público.

A paralisação ocorre nos setores da Justiça Federal e do Trabalho. Esta palhaçada afetou 669 varas de 1° grau, que totalizam 44% de todo país, segundo informações da AJUFE (Associação dos Juízes Federais do Brasil. Os procuradores federais e do Trabalho atuaram de apoio na paralisação. A maior entidade de juízes do país, a AMB (Associação dos Magistrados do Brasil) não aderiu ao movimento.

No dia 22, a ministra golpista Carmen Lúcia trata a pauta das ações que concedem extras a juízes. A ação da ministra gerou as paralisações.

É preciso ressaltar o caráter corrupto da justiça. Dos inúmeros benefícios à qual são concedidos aos juízes. Dos juízes corruptos, parciais e a serviço do imperialismo, tal qual Sérgio Moro, que arbitrariamente aumentou sua remuneração. Estes agentes da burguesia, são os mesmos que intensificam o golpe e a intervenção militar. Logo é um total absurdo a paralisação daqueles que deveriam servir ao povo, mas que, na realidade, trabalham para seus próprios interesses: burgueses.

Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

Análise Política na TV 247, com Rui Costa Pimenta (Reprise)

0 Visualizações 21 minutos Atrás

Watch Now

Send this to a friend