Movimento Operário
Cerca de 100 mil trabalhadores irão aderir à greve em todo o país, contra a supressão dos direitos conquistados pela categoria e contra a privatização da empresa
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
correios
Correios | Foto: Reprodução

Os trabalhadores dos Correios entraram em greve na noite desse dia 17/08, às 22 horas. Cerca de 100 mil trabalhadores da categoria participarão da greve contra a retirada de direitos fundamentais, conquistados pela categoria e presentes nos Acordos Coletivos. A greve também é contra a privatização dos correios por parte do governo Bolsonaro.

Parte dos direitos retirados, segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (FENTECT), são “30% do adicional de risco, vale alimentação, licença maternidade de 180 dias, auxílio creche, indenização de morte, auxílio para filhos com necessidades especiais, pagamento de adicional noturno e horas extras.”.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas