Siga o DCO nas redes sociais

Para Witzel velório é virtual
Corpos de mortos por Covid-19 desaparecem no RJ
Pior que esconder as informações corretas da pandemia é esconder os cadáveres. O que querem com isso? 
48134146193_b4c210e709_c (1)
Para Witzel velório é virtual
Corpos de mortos por Covid-19 desaparecem no RJ
Pior que esconder as informações corretas da pandemia é esconder os cadáveres. O que querem com isso? 
Foto: ASCOM Prefeitura de Votuporanga
48134146193_b4c210e709_c (1)
Foto: ASCOM Prefeitura de Votuporanga
Da redação

Em matéria do Globo G1 Região dos Lagos é informado que o corpo de vítima do coronavírus encontra-se desaparecido, e familiares revoltados reclamam o paradeiro do corpo para poderem fazer o sepultamento. O nome do falecido era Raimundo Batista de Oliveira, de 85 anos.

Os familiares relatam que ao fazer o reconhecimento do corpo, notaram que se tratava do corpo de uma mulher. O prefeito de Rio das Ostras, Marcelino Borba, assumiu a troca de corpos no pronto-socorro e disse que iria abrir inquérito administrativo para apurar o caso.

Em entrevista à imprensa o prefeito chegou a afirmar que a funerária contratada pela família errou de corpo, mas a funerária desmentiu. Porém, a família relata que ainda não tem informações e que o corpo do familiar encontra-se desaparecido, e pode até ter sido enterrado por outra família.

Mais absurdo de tudo, ninguém sabe do paradeiro o corpo. Se o cadáver não era o do falecido, era só verificar os outros falecidos mas isso não aconteceu. Como isso é possível? Onde pode ter ido parar o corpo?

 Além da população ter que enfrentar o genocídio por ter que se expor ao vírus sem proteção de máscaras, do álcool, da falta de leitos, da falta de respiradores, ir ao trabalho em ônibus e trens superlotados, sem contar com nenhuma ação do estado para poder sobreviver a essa pandemia. Ainda tem que enfrentar mais uma ação nefasta pelo estado.

O estado não está apresentando as reais quantidades de infectados e mortes ocorridas com o coronavírus. As informações que são apresentadas estão muito abaixo da realidade, um consenso que o próprio governo não esconde. Porém, pior que o descaso com as informações é o descaso com os cadáveres

Os históricos de atrocidades cometidas pelo governador Witzel, que comemora as mortes de moradores dos morros cariocas do helicóptero das PM, as intervenções militares nos morros com grande número de mortos pela polícia, que quer implantar a parada total, pior que o cruel isolamento das pessoas pobres, e agora essa, esconder os corpos que foram vítimas do covid-19 ! E para quê, para mais um tipo de manipulação dos dados das pandemia?

Tudo isso mostra a total fragilidade do capitalismo, que além de não conseguir gerar emprego e renda, mantém o estado como parasita fornecendo quantias enormes da arrecadação para os ricos empresários, enquanto o povo fica à míngua, sem emprego, sem moradia, sem comida, sem médicos e com total descaso dos governantes.

Só com a união do povo em conselhos de empresas, de bairro, de escolas discutindo a política que querem para viver melhor e cobrar muito forte o estado para fazer o que seria normal fazer, cuidar das condições da população, e não só dos interesses dos grandes empresários.

Leia Também  Rio de Janeiro tem apenas 4% dos leitos de UTI disponíveis