Brasil recorre a Cuba
Ministério da saúde se vê forçado a chamar médicos cubanos de volta para resolver crise do coronavirus.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
joao-gabbardo-dos-reis-secretario-executivo-do-ministerio-da-saude-1583793461779_v2_450x450 (1)
Golpe destruiu a saúde, expulsou os médicos cubanos, mas agora é obrigado a voltar atrás. |

Da redação- O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, em entrevista à Globo News informou que o ministério da saúde irá chamar de volta ao Brasil os médicos cubanos que trabalharam no programa mais médicos.

Os médicos cubanos foram expulsos pelo governo golpista em uma grande campanha de calúnias com eles e o governo cubano. Responsáveis por assistir áreas mais vulneráveis, suas demissões fizeram com que o já precário sistema de saúde brasileiro retrocedesse, algo que neste momento com o coronavirus ocasionará a morte de milhares de pessoas.

Dessa forma, o governo foi obrigado a voltar atrás e como medida de urgência tratará os médicos cubanos de volta ao país como forma de expandir o trabalho de combate à epidemia. Nos que serão chamados estão inclusos aqueles que trabalharam no país anteriormente, como também médicos já aposentados e estudantes do sexto ano em medicina.

Com o chamado é previsto a chegada de mais de 5 mil médicos, demonstrando assim o desespero do golpistas em tentar conter a situação que já está fugindo do controle.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas