Internacional
O Partido dos Trabalhadores da Coreia, partido governante na Coreia do Norte, elaborou um plano de desenvolvimento econômico, nova política militar e exterior.
Attendees at the first day of the 8th Congress of the Workers' Party in Pyongyang, North Korea, in this photo supplied by North Korea's Central News Agency (KCNA) on January 6, 2021.      KCNA/via REUTERS    ATTENTION EDITORS - THIS IMAGE WAS PROVIDED BY A THIRD PARTY. REUTERS IS UNABLE TO INDEPENDENTLY VERIFY THIS IMAGE. NO THIRD PARTY SALES. SOUTH KOREA OUT.
8º  Congresso do Partido dos Trabalhadores da Coreia (PTC) | Reprodução
Attendees at the first day of the 8th Congress of the Workers' Party in Pyongyang, North Korea, in this photo supplied by North Korea's Central News Agency (KCNA) on January 6, 2021.      KCNA/via REUTERS    ATTENTION EDITORS - THIS IMAGE WAS PROVIDED BY A THIRD PARTY. REUTERS IS UNABLE TO INDEPENDENTLY VERIFY THIS IMAGE. NO THIRD PARTY SALES. SOUTH KOREA OUT.
8º  Congresso do Partido dos Trabalhadores da Coreia (PTC) | Reprodução

Na terça-feira (12), terminou o 8º  Congresso do Partido dos Trabalhadores da Coreia (PTC), partido governante da Coreia do Norte. O discurso de encerramento da atividade foi feito por kim Jong Un, secretário-geral reeleito do PTC.

No seu discurso, Kim salientou a importância da unidade e da valorização das ideias e das pessoas na construção da nação. Para o secretário-geral, o Congresso obteve sucesso em seus objetivos, pois “abordou o plano imediato de luta para inaugurar um período de revitalização, de grandes mudanças revolucionárias e de construção” além de questões importantes decorrentes do desenvolvimento do partido.

No decorrer dos oito dias de duração do Congresso,  foram apresentados um novo plano de desenvolvimento econômico de cinco anos e a nova política de assuntos militares e relações exteriores.

A República Popular da Coreia vive sob constante pressão por parte do imperialismo mundial, em particular dos Estados Unidos.

Relacionadas
Send this to a friend