Copa do Brasil – seis times avançam à próxima fase

Seis jogos foram realizados nesta semana pela segunda fase da Copa do Brasil, a maior e mais democrática competição do futebol brasileiro.

Os times que avançaram para a próxima fase (terceira), terão que disputar os jogos em duas partidas, ida e volta, para alcançarem a classificação à fase posterior. A primeira e segunda fase aconteceram em regime de partida única.

O Fluminense passou fácil pelo fraco Salgueiro, fazendo 5 x 0 no time pernambucano. Destaque para o meio-campista Sornoza, que deu duas assistências para dois gols tricolores e assinalou o último tento da partida.

Em Maceió, outro tricolor teve um pouco mais de trabalho para assegurar a classificação. O São Paulo enfrentou o CSA e também garantiu a ida para a terceira fase fazendo 2 x 0, com destaque para a atuação do meio-campista peruano Cueva.

O Náutico também está na próxima fase ao derrotar o Fluminense, de Feira de Santana-BA pelo placar mínimo de 1 x 0.

Os rubro-negros baianos do Vitória também não precisaram de muitos esforços para garantir a ida para a próxima fase. Impuseram sua superioridade diante do Corumbaense e venceram o adversário pelo placar confortável de 3 x 0.

Duas partidas tiveram a definição através da cobrança de pênaltis. O Novo Hamburgo ficou no empate no tempo normal em 1 x 1 contra o CRB. Nas penalidades, o time nordestino levou a melhor e assegurou a classificação fazendo 4 x 3 no time da casa.

Na partida mais emocionante e surpreendente da noite, o Sport Recife foi eliminado pelo Ferroviário, do Ceará. O time pernambucano abriu três gols de vantagem e quando acreditava que as coisas estavam definidas, levou três gols em quinze minutos. O empate levou a partida para os pênaltis e nas cobranças o goleiro cearense brilhou defendendo duas bolas e assegurando a classificação do “Ferrinho”. Daquelas coisas meio inexplicáveis” que só acontecem no futebol.