Greve dos Correios
Trabalhadores dos Correios das bases de São Paulo e Rio de Janeiro organizam caravana para participar de ato em Brasília
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Correios (1)
Trabalhadores dos Correios em pickets | Foto: Reprodução

Está marcado para o dia 21 de setembro o Ato Nacional da categoria dos correios, e diante da inatividade dos sindicatos de São Paulo e Rio de Janeiro, trabalhadores dessas bases estão organizando uma caravana para participarem do ato. 

Foi a Federação Nacional dos trabalhadores dos Correios (Fentect) que chamou o Ato Nacional da categoria no dia 21 de setembro, após quase um mês de greve. Esse ato é uma medida para pressionar o governo golpista de Bolsonaro, a direção dos Correios e o Tribunal Superior do Trabalho (TST) a não rebaixarem os salários da categoria e impedir a privatização da empresa.

Os sindicatos de São Paulo e Rio de Janeiro, estão sob controle da direção da empresa, tanto que dividiram o movimento criando uma segunda federação a Findect. A Findect é uma verdadeira federal fantasmas, que defende apenas a direção da empresa. Em todo o período de greve não foi realizada uma única assembleia presencial no território da Findect, e as assembleias virtuais realizadas serviram apenas para desmobilizar a categoria.

Diante desse cenário de total abandono, os integrantes mais combativos da categoria nas bases de São Paulo e Rio de Janeiro, estão organizando com a corrente Ecetistas em Lutas uma “Caravana A Brasília Pela Vitória Da Greve Dos Correios”. O intuito dessa caravana seria participa do Ato Nacional, fortalecendo assim a luta da categoria contra a privatização e pela manutenção das condições de trabalho.

Para viabilizar financeiramente a “Caravana A Brasília Pela Vitória Da Greve Dos Correios” que precisará publicar boletins, confeccionar faixas, imprimir cartazes e freta ônibus, que para o percurso custam em média 12 mil reais, a corrente Ecetistas em Luta criou uma vaquinha virtual

http://vaka.me/1382016

O objetivo desta vaquinha e proporcionar meios materiais para uma mobilização da categoria dos correios pela base. Em uma campanha de luta combativa e independente da direção da empresa.

Essa campanha será decisiva na luta da categoria em defesa da suas condições de vida (o governo que reduzir os vencimentos em 50%) e contra a privatização da empresa e contribuirá muito com o Fora Bolsonaro.

Chamamos os companheiros a colaborarem com o Ecetistas em Luta contribuindo com essa jornada de mobilização desta categoria. Essa não é uma luta isolada dos trabalhadores dos correios, o governo golpista está atacando toda a classe trabalhadora.

Um bom exemplo é que a política de suspensão das jornadas de trabalho ou redução das escalas com redução dos salários não só não impediram o desemprego de aumenta, como implicaram em uma redução ou cancelamento do 13° salário e férias. A classes trabalhadora como um todo está sendo acatada, é preciso unidade de classe e mobilização para barrar esses ataques e por fim algo golpe.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas