Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
cruesp
|

O Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp) informou que mantém sua proposta de reajuste de apenas 1,5% nos salários dos servidores técnicos e administrativos das instituições.

A decisão do Conselho gerou revolta por parte dos professores e demais trabalhadores das três instituições, uma vez que um reajuste é baixíssimo. Dessa maneira,, funcionários da Universidade de São Paulo (USP) entraram em greve na manhã dessa quarta-feira (13), reivindicando reajuste salarial de 12,6%  e aumento no valor dos vales alimentação e refeição.

Segundo o diretor da Sintusp em Ribeirão Preto, Luís Ribeiro, “Também reivindicamos, de maneira geral, mudanças da estrutura. A USP tem um estatuto que é praticamente medieval. Hoje, o conselho da universidade está na mão de 120 professores e temos apenas três estudantes. A nossa decisão dentro do órgão é muito pequena”, afirma Ribeiro.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas