Contra os ataques dos golpistas, Lula envia carta em solidariedade aos trabalhadores da Ford

trabalhadores-ford-1_d36f9b43

Da redação – Lula enviou uma carta para os trabalhadores da Ford que estão sendo ameçados de perder o emprego, na última quinta-feira (14). A empresa imperialista norte-americana ameaçou fechar uma fábrica em São Bernardo dos Campos, colocando milhares de trabalhadores no desemprego.

Lula relembrou sua história ao dizer que “há 11 meses estou preso sem provas, uma prisão política como há 40 anos quando fui preso pela ditadura por representar os trabalhadores dessa categoria. Mesmo longe fisicamente da luta, me coloco solidário aos atingidos por essa decisão”. Lula na época da ditadura representou os metalúrgicos do ABC contra os ataques dos capitalistas que apoivam os militares.

Veja a íntegra: