Contra o imperialismo: governo do Irã promete ajudar na reconstrução da Síria

siria em ruinas

Da redação – Domingo (26), o governo do Irã prometeu ajudar a Síria em sua reconstrução. O ministro da Defesa do Irã, Amir Hatami, encontrou-se com o ministro da Defesa da Síria, Ali Abdullah Ayyoub, e também com o presidente da Síria, Bachar al-Assad. Hatami prometeu que os iranianos terão “presença, participação e assistência” durante a reconstrução do país.

A guerra civil síria teve um custo calculado pela ONU de US$388 bilhões. O imperialismo, com objetivo de derrubar o governo, armou grupos opositores e terroristas e bombardeou o país, comprometendo toda a infraestrutura, a unidade territorial síria, e provocando mais de 350 mil mortes (em uma estimativa mais conservadora), e o deslocamento de milhões de refugiados.

A chantagem contra a Síria continua, ao negarem ajuda para a reconstrução do país, condicionando essa ajuda em troca de uma transição do governo. A ajuda oferecida pelo Irã ajuda a contornar essa chantagem, levando adiante a política iraniana de confrontar a influência imperialista no Oriente Médio. A ajuda do Irã e de grupos ligados ao Irã, assim como da força aérea russa, foi fundamental para o governo sírio retomar o controle de dois terços do território nacional, revertendo o rumo da guerra.