Siga o DCO nas redes sociais

Contra o golpe: filme Bacurau lota salas em Recife
Pré-estreia-de-Bacurau-causa-filas-gigantescas-no-Cinema-São-Luiz-748x410-300x164
Pré-estreia-de-Bacurau-causa-filas-gigantescas-no-Cinema-São-Luiz-748x410-300x164

Mesmo sob intenso ataque do governo golpista, a cultura brasileira persiste e ainda mostra sua força contra o reacionarismo. A expressão prática disso aparece no grande sucesso que vem sendo o filme Bacurau, que em sua pré-estréia já foi capaz de gerar uma gigantesca fila no cinema São Luiz, em pernambuco, lar dos dois criadores do filme, os cineastras Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles.

O filme já foi premiado pelo mundo afora, recebendo enorme retorno nos diversos festivais onde foi exposto, e seus criadores ganharam novamente o destaque graças ao aspecto político da obra.

Se anteriormente, Kleber e Juliano, com o filme Aquarius, ficaram conhecidos pelo protesto no festival de Cannes, em 2016, agora trazem em seu filme um retrato bem mais direto da realidade brasileira, apresentando ao público o nordeste brasileiro, a opressão, e a luta diária daqueles que têm que sobreviver no sertão de nosso país.

Porém, o fato desse filme estar fazendo tamanho sucesso não se deve apenas às qualidades técnicas que apresenta, mas também ao momento em que o país vive.

Como já foi demostrado repetidas vezes pela mobilização popular do último período, a tendência de luta do povo brasileiro contra os ataques do golpe a seus direitos é gigantesca, o que faz com que cada evento, cada possibilidade de demonstração de luta, é sempre vista com bons olhos pelo público.

Desde os sucessivos mutirões realizados nacionalmente pela liberdade de Lula a até mesmo a pré-estréia de um filme, a tendência a mobilização se mostra em todos os lugares, dando assim uma grande lição ao conjunto da esquerda sobre o que deve ser feito.