Itália
Escritor foi capturado na Bolívia e está sendo torturado na prisão
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
cesare-battisti
Cesare Battisti preso | Foto: Alberto Pizzoli/AFP

O escritor e ex-guerrilheiro italiano Cesare Battisti iniciou uma greve de fome contra as torturas que está sofrendo na prisão em que se encontra. Battisti é um dos mais notórios perseguidos políticos pelo regime antidemocrático italiano, que é cada vez mais dominado pela extrema-direita.

Battisti teve sua prisão decretada no final da década de 1970, mas conseguiu fugir, em 1981, para a França. Com as mudanças no regime político francês, Battisti deixou de ter asilo no país em 2004. Na iminência de ser extraditado, fugiu para o Brasil, onde acabou conseguindo asilo político do ex-presidente Lula.

Após o golpe de Estado no Brasil, o governo Temer e, posteriormente, o governo Bolsonaro passaram a persegui-lo. Battisti fugiu para a Bolívia, mas acabou sendo entregue ao governo italiano por Evo Morales, que buscava um acordo com o imperialismo para não ser derrubado.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas