Continuação do golpe: ministro de Temer chama voto em Bolsonaro

marun

Da redação – Em entrevista no Palácio do Planalto, nesta segunda-feira (15), o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Marun (MDB) disse que tem “recomendado aos seus amigos” o voto no candidato de extrema-direita, Jair Bolsonaro, no segundo turno das eleições 2018.

“Ele defende valorização da família, o combate duro à violência, votou pelo impeachment como eu, pela redução da maioridade penal. Ou seja, existe uma maior proximidade ou uma menor distância entre nossos pensamentos e com a pauta do nosso governo”, comentou, deixando claro que essa proximidade de pensamentos se dá pelo caráter golpista do governo do candidato à presidência da república.

É preciso denunciar que Bolsonaro é um candidato do golpe, comprovado pelo apoio público dado à ele pelos integrantes do governo golpista, e que se eleito, fará uma continuação a esse governo, com ataques ainda mais profundos e brutais à classe trabalhadora.