Continua o massacre: Israel aumenta repressão e 6 palestinos morrem

palestina

Da redação – Desde ontem à noite, Israel está promovendo um bombardeamento em massa da Faixa de gaza. Um conflito, totalmente desfavorável para os palestinos, entre grupos armados palestinos, como o Hamas, e o exército israelita se intensificou. Seis palestinos já morreram diante dos bombardeamentos, e apenas um israelita. O que demonstra a proporção real entre esse conflito.

O “conflito” atual é produto de um verdadeiro massacre promovido por Israel contra o povo palestino.  No final de semana, o exército de Israel assassinou mais de 3 palestinos. Ao que nesta segunda-feira, o Hamas retrucou lançando mísseis em direção a Israel, que pela sua força bélica desarmou uma grande parte deles.

O exército de Israel conta com muito mais estrutura para guerra, e portanto o suposto “conflito” entre os dois é na verdade um massacre de Israel.

Foi o ponto essencial para Israel aumentar a repressão contra o povo palestino. Ontem, os mísseis de Israel explodiram um estúdio de televisão, revelando o cinismo da repressão sionista em cima dos palestinos.

As prática adotadas pelo Estado de Israel se comparam com o tratamento que Hitler, na Alemanha Nazista, deu aos judeus. Os palestinos ficam presos em guetos e sendo totalmente massacrados pelo Estado de Israel.