27_negros_pinterest
|

Uma pesquisa de 2016 divulgada pelo Ministério da Saúde esta semana serviu para demonstrar a opressão sofrida pela juventude negra no Brasil. Apesar da direita golpista, por meio de sua imprensa vendida, fazer a campanha de que não há racismo no Brasil, ou de que tal problema seria “vitimização” dos negros, os dados apontaram justamente o contrário.

De acordo com a pesquisa, de cada 10 jovens que cometem suicídio no Brasil, 6 são negros. Ou seja, 60% dos jovens que tiram a própria vida no país são negros.

Os números trazem à tona a verdadeira opressão vivida pela juventude negra na sociedade capitalista. Uma sociedade profundamente desigual, onde os negro são um dos setores mais afetados. Além da discriminação, os negros sofrem com os piores salários, os piores empregos, a falta de qualquer acesso aos direitos básicos, como educação, saúde, isso sem falar na violência por parte do estado capitalista, um verdadeiro genocídio institucional organizada contra os negros, principalmente contra a juventude negra.

O esmagamento social vivenciado todos os dias pelos negros reflete, logicamente, nas condições psicológicas deste setor social. A juventude negra, mais vulnerável ainda a essa opressão acaba sendo a principal vítima.

Somente a luta contra esse verdadeiro regime de guerra contra o povo negro poderá libertar de uma vez por todas os negros desse massacre cotidiano.

 

Relacionadas