Campanha por moradia
Especulação imobiliária ataca 34 famílias ameaçadas de despejo na Região Metropolitana de Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
moradia
Lutar por moradia é direito. | Foto: Reprodução

Há 13 anos, moradores do Residencial Castelo, no Bairro Santa Isabel, decidiram ocupar uma área improdutiva e construíram suas casas e famílias. Agora, estão sendo ameaçados de despejo em plena pandemia, tudo por motivo de uma decisão judicial de reintegração de posse, através da especulação imobiliária de um grileiro, que colocou 34 famílias ameaçadas de ir para a rua no município de Viamão, região metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

São pessoas em situação de vulnerabilidade social que em sua maioria não tem condições de arranjar outro local para ficar. Crianças, desempregados, moradores com necessidades especiais, ninguém pode correr o risco de ficar sem teto, ainda mais na pandemia do coronavírus.

Conselhos Populares

A partir do total acirramento da luta de classes, em que cada classe apresenta mais claramente um programa que entre si são completamente antagônicos, a população nos bairros operários se viu na situação mais crítica dos últimos tempos.

Com o impulso do Partido da Causa Operária e organizações de moradores através do desenvolvimento de dezenas conselhos populares no país, como por exemplo nas cidades de Blumenau (SC), Curitiba (PR), São Paulo (SP), São Félix do Caribe (BA), foi então seguido o exemplo entre os moradores do bairro Monte Castelo e formado o Conselho Popular de Viamão.

Os moradores mais interessados, ativos, já estão participando semanalmente das reuniões, estabelecendo um levantamento preciso da situação. Neste sentido, é necessário que a mobilização aumente entre os moradores para que sejam atendidas todas as necessidades básicas e acima de tudo impedir a reintegração de posse.

Campanha por moradia

Para impedir que uma reintegração de posse aconteça, as organizações de luta pela pela terra, os movimentos populares e os partidos de esquerda devem se organizar junto à população para resistir e impedir que se consume qualquer ordem judicial.

No contexto da pandemia do Covid-19, o que se visualiza é uma ofensiva da burguesia e do Estado capitalista em favor da garantia de seus interesses de classe, mesmo que isso signifique uma sentença de morte para amplas parcelas da população pobre e que não têm recursos para se proteger da doença.

Nenhuma crença na justiça burguesa

É preciso frisar que não devemos crer na justiça burguesa que recuou momentaneamente, mas nada está definido para 2021, então já vimos muitos despejos acontecerem no país mesmo durante a pandemia, nesse sentido seria muito ingênuo colocar todas as fichas nesta decisão provisória, pois, afinal de contas, acima de tudo é uma questão de força de mobilização.

A situação ainda está favorável para os moradores, pois houve um recuo momentâneo, mas devemos aproveitar o momento para investir no crescimento da organização através do conselho popular.

Os moradores já organizaram eventos para arrecadar fundos como um churrasco, mas é preciso aumentar a mobilização também passando pela luta por Fora Bolsonaro e pela questão da retomada dos direitos políticos de Lula, pois foi a fraude eleitoral que colocou este governo de característica fascistas que está atacando a população como um verdadeiro lança chamas.

Doe para a vaquinha virtual

Ajude a evitar que famílias com crianças e idosos com problemas de saúde fiquem em situação de rua! Colabore para garantir a compra dos terrenos e o direito social à moradia!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas