Oeste da Bahia
20º edição do Restaurante de Campanha mostra o poder do povo organizado independente dos políticos burgueses
restaurante da prefeitura
Local onde o prefeito Chepa (PP) usa para distribuir almoço fora do bairro Bela Vista | Arquivo DCO
restaurante da prefeitura
Local onde o prefeito Chepa (PP) usa para distribuir almoço fora do bairro Bela Vista | Arquivo DCO

Em S. Félix do Coribe-BA, no bairro Bela Vista a população foi agrupada de forma independente em um Conselho Popular de Saúde, onde vem se reunindo todos os sábados pela manhã. São debatidos os problemas econômicos, o desemprego, os baixos salários e a carestia. Outro tema que não fica de fora são os problemas da saúde, os números do coronavírus, os óbitos e a falta de atividades da prefeitura para conter a pandemia.

Durante as reuniões, o jornal Voz do Bairro é lido e debatido, onde cada pessoa coloca o seu ponto de vista. O interessante é que cada opinião vem sempre acompanhada de sugestões do que precisa ser feito para resolver os problemas.

Mulheres, donas de casa, jovens desempregados e aposentados, esse é o público que participa semanalmente das atividades desenvolvidas pelo conselho. Três atividades são fixas, reunião, panfletagem do jornal e restaurante de campanha.

Na própria reunião já é definido quem vai ajudar, e equipes são feitas para desenvolver os trabalhos, uma equipe para distribuir os jornais de casa em casa, outra para arrecadar os alimentos para o restaurante, equipe de cozinha, inclusive para buscar lenha e lavar as panelas.

Desde o dia 4 de abril o conselho está a todo vapor, e já tem uma vitória, sob pressão o prefeito Chepa está distribuindo almoço de segunda a sexta, a pressão aumenta para se ter um restaurante popular no bairro Bela Vista, por isso todos os sábados é servido um delicioso almoço para mais de 300 pessoas.

Essa semana o conselho lançou a edição número 10 do jornal a Voz do Bairro, que destacou o aumento de contaminados e os óbitos em decorrência do coronavírus, e mesmo assim o prefeito resolveu obedecer os empresários e acabou com a quarentena, que nunca existiu de fato, porém a maioria dos comércios estavam fechados e era proibido estar fora de casa depois das 18 horas. Agora com 5 óbitos tudo está funcionando e o povo totalmente desamparado.

Outro motivo de alegria é que o Restaurante de Campanha chegou em sua vigésima edição com uma deliciosa macarronada. Almejando usar a cozinha da Escola João de Deus para preparar as refeições, e mais ainda, a prefeitura usar a escola como restaurante durante a pandemia e servir gratuitamente o café da manhã, almoço e jantar.

 É importante ressaltar que a prefeitura municipal, o prefeito Chepa (PP) tem por obrigação atender a população, principalmente os mais pobres e durante esse pandemia o que vemos é o oposto, nem álcool gel foi distribuído, apenas uma cesta básica e vale merenda de 7 reais, os doentes estão abandonados, e faltam remédios, obrigando o cidadão gastar mais de 40% do salário, a situação de idosos usarem todo o benefício comprando remédios que a prefeitura tem obrigação de entregar.

Sendo assim, enquanto as autoridades públicas relegam o povo pobre, os próprios moradores se reúnem e eles mesmos fazem o que a prefeitura deveria fazer mesmo sem recursos, a tendência é sempre aumentar a pressão até todas as reivindicações cobradas ao prefeito seja atendidas.

Relacionadas
Send this to a friend