Eleições de 2020
O foco dos candidatos é usar as eleições como uma tribuna de luta dos trabalhadores, tendo como eixos principais a luta pelo “Fora Bolsonaro” e pela candidatura de Lula em 2022
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
3ce728da-751d-47cd-902e-4271f75ffa9a
Militantes no ato contra a prisão do Lula em Maceió | Foto: comitê de luta

O Partido da Causa Operária lançará, em Alagoas, candidatos à prefeitura e à câmara de vereadores da capital, Maceió. As candidaturas foram apresentadas e oficializadas durante a realização da conferência estadual de Alagoas, no domingo (13), onde foi discutido o programa do PCO para as eleições, pelos militantes, filiados e simpatizantes do partido, seguida da convenção municipal do Partido.

O programa, que é o mesmo a nível nacional, não difere em nada do proposto pelo PCO todos os dias, é um programa de luta da classe operária contra a burguesia. O partido denuncia o controle e manipulação total do processo eleitoral no Brasil e, por isso não tem ilusões, nem intenção de ser eleito. Sendo assim, as candidaturas lançadas pelo partido não possuem um caráter individual, mas giram em torno de uma política unificada e da defesa das mesmas propostas.

O foco dos candidatos é usar as eleições como uma tribuna de luta dos trabalhadores, tendo como eixos principais a luta contra o golpe, o “Fora Bolsonaro” e a mobilização pela candidatura do ex-presidente Lula em 2022.

Em Alagoas, como em outros estados, o partido se destaca também por ser o único a dar oportunidades reais a participação da juventude, dos trabalhadores, das mulheres e dos oprimidos em geral, na construção política de um partido revolucionário. Conheça os candidatos:

Nina Tenório, candidata do PCO à Prefeitura de Maceió (AL) - Entrevista -  YouTubeCandidata a prefeita: Nina Tenório (foto), 21 anos, coordenadora do coletivo de mulheres do partido, Rosa Luxemburgo  e membro da Aliança da Juventude Revolucionária. Começou a militar no PCO para lutar contra o golpe de Estado no governo Dilma e a prisão do ex-presidente Lula. Participou ativamente da criação dos comitês de luta em Alagoas, que continuam fazendo atividades nas ruas até hoje.

Candidato a vice-prefeito: Luan Ferreira, 21 anos. Estudante, militante dos comitês de luta, conheceu e filiou-se ao PCO durante a luta contra a prisão de Lula, tendo realizado diversas atividades de agitação nas ruas.

Candidato a vereador: Leonardo Félix, 18 anos. Estudante da UFAL, militante do partido e da Aliança da Juventude Revolucionária (AJR). Participou dos atos contra o golpe e várias atividades dos comitês.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas