Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
correios3
|

Os trabalhadores dos Correios reunidos no 13° Contect (Congresso Nacional dos Trabalhadores dos Correios) da Fentect (Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios) realizado em Brasília/DF, aprovaram estabelecer uma campanha para que a CUT (Central Única dos Trabalhadores) convoque um greve geral.

Diante dos ataques ao conjunto da classe operária brasileira, com a retiradas de direitos, venda das riquezas do país, privatização das empresas estatais, como a Petrobrás, Eletrobrás, Correios, Banco do Brasil, Caixa Econômica etc. somente com uma mobilização massiva, através de uma greve geral é possível barrar os golpistas.

A única polêmica que causou a proposta foi levantada pelos militantes do PSTU, que queriam que a campanha pela greve geral fosse direcionada a outras centrais sindicais como a Força Sindical, incluindo nisso o grupo sindical Conlutas controlado pelo PSTU que sequer é uma central sindical, pois são organizados em um dúzia de sindicatos, enquanto a CUT possui mais de 3000 sindicatos filiados.

No debate, os delegados do Congresso reconheceram que a única Central sindical de trabalhadores que importa no Brasil é a CUT.

A Força Sindical é uma central sindical patronal controlado pelos golpistas que fizeram a campanha do golpe e do pato da Fiesp, e portanto atuam contra os trabalhadores.

Agora é preciso juntar as categorias, realizar plenárias e comitês de luta contra o golpe nas empresas estatais e começar a organizar a greve geral.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas